FONE: 17 2136 7900

Sobre o Tajara

O primeiro banco de sangue de Rio Preto foi criado em 1952, na Santa Casa de Rio Preto, pelo clínico geral João Tajara, que sentindo a necessidade do controle sanitário do sangue colhido, montou para esse fim, um pequeno laboratório anexo ao serviço.

Concebido apenas para triagem sorológica de doadores de sangue, o laboratório evoluiu; em 1967 foram implantados os setores de hematologia e de bioquímica de sangue, pelo Dr. José Tajara. O pequeno laboratório abriu então suas portas ao público, com o nome de Laboratório de Hematologia Dr. José Tajara, firmando-se definitivamente.


Numa segunda ampliação (em 1977) além da mudança do nome (para Laboratório Tajara Ltda), criaram-se os novos setores. Com o crescimento e o aumento do grau de complexidade operacional, decidiu-se em meados da década de 80, pela informatização do laboratório; que após várias tentativas de aquisição de um sistema computacional aceitável, optou-se pelo desenvolvimento de um sistema próprio, implantado em 1991.

A informatização em tempo real e on-line integrou os vários postos de coleta ao Laboratório Central e as seções entre si. 
O Laboratório Tajara, conta atualmente com 5 postos de coleta, profissionais, altamente qualificados e equipamentos de última geração. Entre as seções técnicas do Laboratório estão as de Hematologia, Bioquímica, Microbiologia, Sorologia, Hormônios e Parasitologia.

QUALIDADE TAJARA

É um processo que avalia se o Laboratório segue requisitos técnicos predeterminados para exercer suas atividades. Este certificado é emitido pela Sociedade Brasileira de Patologia Cínica.

Laboratório Tajara | 2019 | Todos os  direitos reservados. | Desenvolvido por: Lumière Propaganda